Depois de vencerem seus jogos de estreia na Série B, Vila Nova e Juventude fizeram um duelo morno na noite desta sexta-feira, no Serra Dourada, pela segunda rodada. As duas equipes criaram poucas chances de gol, mas chegaram mais perto no primeiro tempo. No segundo, o zagueiro Ruan acabou expulso pelo Juventude. Nem assim os donos da casa conseguiram tornar seu volume de jogo em oportunidades de vencer. No fim, o empate foi o resultado mais justo.

PRIMEIRO TEMPO

Vila Nova e Juventude fizeram uma partida muito igual no primeiro tempo, no Serra Dourada. Os donos da casa tiveram maior posse de bola e controle do jogo. Mas em escapadas de contra-ataque, os visitantes chegaram com mais perigo. Primeiro, com Tiago Marques, depois, com Juninho. Só que a melhor chance foi do Vila. Mateus Anderson completou cruzamento de Patrick Leonardo com um voleio. O goleiro Matheus nem se mexeu, mas a bola saiu para fora.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final, as duas equipes caíram de produção. Mas foi o Vila Nova quem manteve o domínio da bola e chegou com mais afinco ao ataque. Mesmo assim, sem inspiração. A chance mais clara veio com Tiago Adan, que acabou travado por Pará na hora do chute. Aos 29, o zagueiro Ruan, do Juventude, foi expulso por matar um lance que Alan Mineiro poderia marcar, na meia-lua da área. Nem isso foi suficiente para os donos da casa confirmarem a superioridade numérica. Os gaúchos se fecharam e conseguiram levar o ponto para Caxias do Sul.

 

Fonte: Globo Esporte

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA